173. Mi Buenos Aires (quase) Querido – Parte 1

Primeiro dia.

No último fim de semana fiz minha viagem para Buenos Aires com um grupo formado por alunos da Ulbra (de vários cursos). Saímos do Salgado Filho, em Porto Alegre, na sexta-feira por volta das 15:20 e chegamos às 16:00 na capital argentina, no Aeroparque. Vale lembrar que eles estão uma hora atrasados por não ter horário de verão.

As primeiras impressões de Buenos Aires mostram o efeito da urbanização desordenada. Praticamente metade da população do país vive nos arredores da capital, o que fez com que as favelas se desenvolvessem muito rapidamente. Problema agravado, é claro, pela situação econômica dos últimos anos na Argentina.

Após a chegada no hotel o grupo fez o primeiro passeio a pé, pelos arredores da Calle Florida. O que chama a atenção aqui é que Buenos Aires é uma cidade histórica e muito linda, porém, mal conservada. As calçadas (e as ruas em si) estão todas esburacadas e encontrar lixo e entulho pelas esquinas não é raro. Fizemos um lanche em lugar muito legal: Cafe de la Ciudad. Fica na esquina da Corrientes com a 9 de Julio, de frente para o Obelisco. E ao lado estava acontecendo uma manifestação, bem organizada e sem baderna.

O Puerto Madero foi o local escolhido para a janta. Trata-se de um espaço na beira do dique que foi revitalizado e hoje funciona uma série de restaurantes. Algo parecido com o que se quer fazer na orla do Guaíba em Porto Alegre. O restaurante que escolhemos foi o El Mirasol. Caro. Aproximadamente R$ 70,00 por um pedaço de vazio mal passado e vinho. Mas pelo menos o vinho era bom. Assim como o Freddo (o típico sorvete argentino) que tomamos depois da janta.

Na volta para o hotel pegamos um táxi. E aqui fica a dica para quem vai a Buenos Aires: Os táxis são muito baratos (são movidos a gás), mas tem os veículos clandestinos que são muito parecidos e cobram mais caro. Cuidem para que o carro tenha a placa de táxi na parte superior. 😉

Calle Florida

Obelisco

Calle Florida

Puerto Madero

Anúncios

Publicado em 27 de novembro de 2012, em Fotografia, Geografia, Viagem. Adicione o link aos favoritos. Deixe um comentário.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: