149. Os 3 e a turma da Coreia

Pela primeira vez na história deste humilde blog eu vou misturar dois assuntos: cinema, com “Os 3”, e as minhas impressões pós-faculdade. Acontece que eu nunca havia assistido um filme do qual eu me sentisse tão parecido com os personagens como neste. Pois bem, vamos lá.

“Os 3”, para quem não sabe, conta a história de três amigos que dividem um apartamento no subúrbio de São Paulo enquanto cursam a faculdade. Os anos passam e o trio segue sempre junto até que o trabalho de conclusão é apresentado e cada um, teoricamente, deve seguir seu rumo dali em diante.

Acontece que a separação dos amigos não é algo tão simples como parece. De certa forma no ambiente acadêmico é onde acabamos conhecendo pessoas com os mesmos gostos e filosofias do que a gente e, chegar um belo dia e dizer “tchau” não é fácil. Pessoalmente falando, desde o final do ano passado quando assumi a comissão de formatura da Geografia é que a ficha começou a cair. Alguns meses depois aquelas pessoas com as quais eu compartilhei conversas, risadas, álcool e cafeína (e bota cafeína nisso) por cinco anos seguidos iriam seguir seus próprios rumos, lecionar em municípios diferentes e, aos poucos, inevitavelmente, o contato iria se perder.

Assim como o Cazé, a Camila e o Rafael, a turma da Coreia da Ulbra também tem o plano de permanecer unida. É por isso que continuamos nos encontrando de vez em quando, seja para jantar, beber, conversar, jogar ou roubar os planos de aula uns dos outros. Uma coisa é certa: a gente pode não morar todos juntos como “os 3”, nem ter as nossas vidas transmitidas pela internet e muito menos rolar toda aquela libertinagem entre o grupo como no filme, mas de certa forma a ideia pós-faculdade é a mesma.

E enquanto assisti ao filme me dei conta de que o único motivo pelo qual eu continuo estudando (agora no bacharelado) é para adiar em pelo menos mais dois anos esse rompimento com o pessoal que ainda circula pelo campus. Não que eu vá cancelar a matrícula depois de ter assistido o filme, apenas me dei conta disso…

Publicado em 22 de novembro de 2011, em Cinema, Cotidiano, Geografia. Adicione o link aos favoritos. Deixe um comentário.

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: