37. Sobre fotografia

Achei essas dicas de fotografia do casal Ignácio Aronovich e Louise Chin na revista Super Interessante do mês passado e achei interessante postar aqui. Caso algum leitor deste blog seja fissurado em registrar imagens de tudo que vê pela frente como eu. As dicas são específicas para fotografar pessoas, principalmente em lugares turísticos, mas vale a pena saber mesmo para fotografar paisagens. Espero que gostem:

1) Leia o manual
Pelo número de pessoas que nos pede ajuda em lugares turísticos, muita gente não conhece a própria câmera. Saiba ao menos desligar o flash, travar o foco, mudar o ISO (sensibilidade) e compensar a exposição.

2) Viaje leve e seguro
Carregue o mínimo de coisas possível e não leve nada pendurado no pescoço. Em lugares pobres, disfarce o equipamento com alguma coisa: camiseta, toalha de hotel ou saco de supermercado. De tempos em tempos, jogue suas fotos em um HD ou DVD. Guardá-las em um só lugar pode deixá-lo sem fotos no fim da viagem.

3) Deixe as fotos vir até você
Achou algum lugar legal? Pare um tempo, observe e fotografe. Em menos de 10 minutos você vai perceber um ritmo no lugar, invisível para quem está em movimento. Se achou um bom fundo para a foto, aguarde alguém chegar para completar a cena. E não deixe as fotos para depois: você pode não voltar ali ou pode chover quando você retornar.

4) Simplifique
As melhores fotos são simples. Busque fundos que destaquem o assunto e não briguem pela atenção do observador. Preste atenção em todos os elementos da imagem. Evite o flash: a não ser que você o utilize muito bem, ele vai trocar a atmosfera do lugar por uma luz dura, frontal e cruel.

5) Interaja com os locais
Deixe as teleobjetivas para os paparazzi. Para fotografar pessoas, faça um esforço para interagir. Aprenda meia dúzia de frases na língua local, sorria, converse, e, quando já estiverem entediados com a sua presença, fotografe-os. De perto, sem medo e com permissão. Cansamos de ver turistas perseguidos por pessoas enfurecidas depois de fotos desrespeitosas.

6) Conte uma história
As fotos de uma viagem não são só para provar que você esteve em algum lugar. Deslocamentos, refeições e momentos divertidos são igualmente importantes. Olhe para trás, para baixo e para cima: se todo mundo está fotografando em um lugar turístico, faça o oposto. Mostre o que ninguém vê. Esqueça o céu azul e fotografe mesmo com chuva ou neve (só se lembre de proteger seu equipamento com o que estiver à mão: de sacos plásticos a toucas de banho de hotel ou guarda-chuvas de camelô).

7) Quebre as regras e divirta-se
Fotografar tem que ser divertido. Experimente com ângulos, movimentos e velocidades. Esqueça as regras dos manuais e explore sua criatividade.

Dicas boas, seja você profissional ou um amador (que é o meu caso). Isso tudo me lembra que tenho que atualizar o meu Flickr. Ou criar um novo. Ou criar uma conta em algum outro site para hospedar imagens. Enfim, ainda antes do fim das férias eu resolvo. Mas enquanto isso, deixo duas dicas de sites para vocês visitarem:

Lost Art – Blog do casal das dicas acima. Está dentro do site da Super Interessante.

Steve McCurry – Sem dúvida as fotos desse cara são as melhores que eu já vi. A maioria das capas da National Geographic são de autoria dele.

Abraços!

Anúncios

Publicado em 4 de fevereiro de 2009, em Geografia, Geral. Adicione o link aos favoritos. Deixe um comentário.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: